Destra Fiel

A História de Ester – A minissérie bíblica da TV Record

Pencil

A História de Ester
Atriz da Record estuda a Bíblia para interpretar Ester

A História de Ester

Figurinos de época, lutas e os mesmos efeitos visuais vistos no blockbuster 300. Não é mais um filme que estréia nos cinemas, mas a nova minissérie da Record, que investiu pesado e fez uma superprodução para retratar a Pérsia de 479 a.C., época em que se passa A história de Ester, prevista para estrear no dia 11 de janeiro.

– É uma produção feita com grande cuidado, com uma grande equipe e efeitos que não se viam ainda na TV brasileira. É uma linguagem diferente, bacana – elogia a atriz Gabriela Durlo, que interpreta a personagem-título.

Após participar das novelas Amor e intrigas, Vidas opostas, e das séries A lei e a ordem (todas da Record) e Mandrake (HBO), ela encara, pela primeira vez, um papel de protagonista.

– Está sendo ainda mais especial por ser a Ester, que é uma personagem forte. É uma figura muito conhecida, tem um peso. Ela é uma judia plebéia que é levada para o harém do rei Assuero, interpretado por Marcos Pitombo. Ele se apaixona por Ester e ela acaba sendo coroada rainha, e arrisca sua vida para salvar o povo judeu do extermínio. É um trabalho muito interessante, e a história é profunda e consistente.

Para a autora Vivian de Oliveira, a história de Ester é “cheia de reviravoltas e conflitos e nos transporta para um mundo totalmente diferente”. A adaptação do texto bíblico demandou muita pesquisa e estudo sobre a época, o mundo antigo e a religião.

– O primeiro passo foi entender como as pessoas viviam na Pérsia em 479 a.C. Tivemos a consultoria de um historiador que nos ensinou sobre os costumes da época, a etiqueta do palácio, a influência do império persa, as guerras travadas pelo rei Assuero, entre tantas outras coisas – detalha Vivian.

– Aprendemos também sobre esse momento tão importante para o povo judeu. Tudo isso foi enriquecedor e nos ajudou a mergulhar no universo de uma moça judia do povo e de um rei que era reverenciado como um deus.

Gabriela Durlo afirma que há diferenças na hora de atuar numa minissérie de época, e que teve que ter atenção dobrada com os detalhes históricos. – Tivemos cuidado com a linguagem, evitamos gírias, pronunciamos todas as letras das palavras. É preciso se policiar na hora de gravar – ressalta a atriz. – E tivemos uma preparação muito boa, tivemos contato com um historiador e fizemos várias oficinas. Como é uma época desconhecida, em cada pesquisa você acha um elemento novo, de fato pouca coisa foi registrada, e você tem que tomar uma certa liberdade pra seguir uma linha.

Houve também, como revela Gabriela, um cuidado para não retratar a narrativa, que se passa na Antiguidade, de uma forma que distanciasse o público, acostumado às tramas urbanas.

Vivian de Oliveira acredita que, mesmo se passando tanto tempo atrás, a história continua atual: – A trama é recheada de conflitos inerentes ao ser humano em qualquer lugar do mundo ou em qualquer época.

A minissérie fala de amor impossível, amor não correspondido, vingança, sede de poder, ambição, inveja, traição, família, luta entre irmãos, fé, ou seja, não importa se a história se passa há tanto tempo – comenta a autora. – As dores, frustrações, alegrias e sonhos desses personagens que viviam na Pérsia são os mesmos que nós sentimos nos dias de hoje. Por isso, tenho certeza que o público irá se identificar com os personagens. O conteúdo e os personagens do livro de Ester receberam alguns acréscimos da autora na adaptação para a TV, ganhando, inclusive, alguns personagens.

– A história central de Ester e Assuero (Marcos Pitongo) e as maldades do vilão Hamã (Paulo Gorgulho) contra os judeus, especialmente contra Mordecai (Ewerton de Castro), estão presentes. Mas só esses personagens não sustentariam 10 capítulos. Tive a preocupação de criar personagens novos que pudessem ser inseridos na trama sem comprometer ou descaracterizar a história original, que permanece intacta.

Criei em cima das lacunas: a melhor amiga de Ester, um judeu amigo de Mordecai, um romance entre uma judia e um amalequita, filho de Hamã, inimigos dos judeus, um amigo de infância de Ester que é apaixonado por ela, e assim por diante.

O romance entre esses novos personagens foi, inclusive, inspirado em Romeu e Julieta. A judia Ana, vivida por Letícia Colin, e Aridai, personagem interpretado por Paulo Nigro e que é filho do vilão Hamã, o maior inimigo do povo judeu, vão viver um relacionamento tumultuado, enfrentando a oposição de suas famílias.

Fonte: Jornal do Brasil
Imagem: Arca Universal

Continue lendo >>

Ex atriz pornô se torna evangélica

Pencil

Testemunho de Regininha-PoltergeistTestemunho - Ex atriz pornô muda totalmente de estilo de vida após se tornar evangélica


“Sabe… Você me faz lembrar de alguém.” “Mas eu sou alguém.” Num shopping tradicional da zona sul do Rio, o diálogo entre mim e a vendedora de uma megarrede de eletrodomésticos soaria trivial, não fosse ela a capa da Playboy de fevereiro de 1994 e uma ex-integrante do Zorra Total.

Ex-bailarina, atriz e estrela pornô, a evangélica Regina Soares de Oliveira, 38 anos, conhecida outrora como Regininha Poltergeist, é, há três meses, vendedora de geladeiras e lavadoras.

“Às vezes, um ou outro cliente me reconhece, vem falar, mas não são muitos”, conta, com alguma timidez.

A mudança, um ano depois de promover seu segundo filme pornô, deu-se após um quadro de depressão e pela necessidade de sustentar o filho Lucas, 4, num padrão mais cristão, o que faz Regininha detestar o velho apelido de filme de terror.

“Poltergeist significa ‘espírito brincalhão’. Um demônio, né? Vivi um demônio por 20 anos e deixei de mostrar quem eu era. Aceitei isso.”

Dedicação total

E por que a entrada no comércio varejista? “Eu já tinha sido vendedora. Sou bailarina formada, mas não gosto de dar aula. Prefiro o palco. Na Igreja Bola de Neve, nós temos o Ministério da Dança.” Regininha conta que fez todos os testes – “Nem sei como passei, nunca tinha usado computador na vida, tinha agente para tudo” – e foi aprovada. Hoje, ela diz que é uma pessoa feliz.

“Eu gosto de desafios. E essa coisa de vender vicia, dá vontade de ser a melhor vendedora da loja. E eu me dedico.” Indagada se gostaria de voltar ao meio artístico, Regininha silencia por alguns segundos. Pensa. E, depois, abre um sorriso.

“Sim. Mas tinha de ser um papel bem diferente.”

Ex-global com pornôs no currículo, atriz se identificou com Leila Lopes

Regininha tem uma trajetória muito parecida com a da atriz Leila Lopes, que se suicidou no mês passado. Ambas tiveram passagens pela Globo, pelo cinema pornográfico e enfrentaram diag-nósticos de depressão.

“Tomei um susto quando soube da Leila”, afirma. “Meu problema era parecido, mas Deus me permitiu continuar minha missão.” Formada em balé na Escola Maria Olenewa, a pequena nascida no Méier foi lançada nos espetáculos Santa Clara Poltergeist e Básico Instinto, no início dos anos 1990, em que o poeta Fausto Fawcett glorificava loiras como Marinara Costa – que também frequenta hoje a Igreja Bola de Neve.

“Não me arrependo de nada do que eu fiz. Para mim, tudo isso foi um caminho necessário para me trazer até aqui. Foi um aprendizado.”

Fonte: Destak / Gospel+
Via: Pavablog

Continue lendo >>

Vídeo Clipe Fornalha - Incendiário

Pencil

Navegando pela rede encontrei um vídeo que me chamou muito a atenção e me fez meditar na letra da música.

Porque eis que aquele dia vem ardendo como fornalha; todos os soberbos, e todos os que cometem impiedade, serão como a palha; e o dia que está para vir os abrasará, diz o SENHOR dos Exércitos, de sorte que lhes não deixará nem raiz nem ramo.
Malaquias 4.1



Fornalha - Incendiário por Internautas Cristãos

via Internautas Cristãos

Continue lendo >>

Pastor participa do programa “Nada Além da Verdade” do SBT

Pencil

Nada Além da VerdadePastor ex homossexual participa do programa “Nada Além da Verdade”, do SBT e ganha o prêmio máximo. Assista

Na quinta-feira (26/11) o programa ‘Nada além da verdade’, ancorado pelo apresentador Ratinho, recebeu um participante diferente. Um pastor ex-homossexual resolveu desafiar o detector de mentiras e revelar detalhes de sua vida em rede nacional.

O programa que tinha tudo para ser vergonhoso e polêmico acabou se tornando uma ótima oportunidade de evangelização. O Pastor Júnior foi submetido a uma série de perguntas e não só foi capaz de responder a verdade, como dar um show de bíblia e rebater os argumentos de Ratinho e calar as vaias e reações negativas da platéia.

O nível das perguntas foi muito baixo e a maioria delas envolvia questões de homossexualismo ou evidenciava os conceitos errados que muitas pessoas têm contra os evangélicos. “Você acha que os gays vão para o inferno?”, “É pecado fazer sexo antes do casamento?”, “Ser assassino é um pecado pior do que ser homossexual?”, “É possível um homem viver sem pecar?”, “Sua esposa conhece todo o seu passado?” e etc.

Indagado e pressionado por Ratinho, o Pastor não se deixou ceder e as suas respostas certeiras muitas vezes deixaram o polêmico apresentador calado. Resultado: Júnior foi aprovado no detector de mentiras e junto com sua esposa recebeu o prêmio máximo do programa.

Por trás de uma figura bastante simples e humilde, os que assistiram o programa puderam ouvir palavras ousadas e inspiradas pelo Espírito Santo, que com certeza serviram para tirar dúvidas e preconceitos de muita gente.

Veja Nada Além da Verdade com Pastor ex-homossexual que venceu o detector de mentiras:

Fonte: Gospel+










Continue lendo >>

O dia da Bíblia

Pencil


O dia da Bíblia é no 2º domingo de dezembro.


Conforme informações colhidas na Sociedade Bíblica do Brasil, o dia da bíblia surgiu em 1549, quando um bispo chamado Cranner, que vivia na Grã-Bretanha, incluiu no livro de orações do rei Eduardo VI, um dia especial para que a população intercedesse em favor da leitura do livro Sagrado. A data escolhida foi o segundo domingo do advento. (O Advento é celebrado nos quatro domingos que antecedem ao natal). Foi assim que o segundo domingo de dezembro se tornou o Dia da Bíblia.

Hoje, o dia da bíblia é comemorado em cerca de 60 países. Em alguns desses países a data é celebrada no segundo domingo de setembro, numa homenagem ao trabalho de Jerônimo, tradutor da Vulgata Latina, conhecida tradução da bíblia para o latim.

No Brasil o dia começou a ser celebrado pelos primeiros missionários evangélicos que, oriundos da Europa e dos Estados Unidos, a partir de 1850, aqui vieram para semear a Palavra de Deus. Durante o período do império, a liberdade religiosa era restrita e impedia as manifestações públicas dos evangélicos. Mas por volta de 1880 , esta liberdade foi crescendo e o movimento evangélico, juntamente com o dia da bíblia, foi se popularizando.

Pouco a pouco as diversas denominações evangélicas institucionalizaram a tradição do dia da bíblia, que ganhou ainda mais força com a fundação da Sociedade Bíblica do Brasil, em 1948. E em dezembro deste mesmo ano, houve uma das primeiras manifestações públicas do dia da bíblia, em São Paulo, no monumento do Ipiranga.

Hoje as comemorações, fixadas no segundo domingo de dezembro, mobilizam milhares de cristãos em todo o Brasil. Em alguns estados e vários municípios, o Dia da Bíblia é data oficial.

Fonte: Dia da Bíblia e Sociedade Bíblica do Brasil

Continue lendo >>

Do Autor para o Leitor

Pencil

Enquete MundoCristão

Na atualidade, a divulgação de seu projeto é um passo muito importante para alcançar o objetivo principal do mesmo, em outras palavras, é umas das principais iniciativas que você tem que tomar se realmente almeja o sucesso.

Procuro de diversas formas estar sempre melhorando o conteúdo deste projeto. Otimizar Postagens; Técnicas SEO; Assuntos Diversificados, são alguns exemplos de ícones do meu cotidiano.

Confesso que minha assiduidade nas postagens tem sido insuficiente. É complicado conciliar trabalho, estudo, vida social, etc.
Na palavra de Deus diz que "Há tempo pra tudo debaixo do céu", por isso esforço-me ao máximo para dividir meu tempo.

Contudo, ainda há muito para fazer. Por isto, andei pensando em mudar novamente o nome do Site/Blog. Para quem não lembra, eis o histórico de domínios(Nomes) deste projeto:

  1. Blog Evangelizar - http://blog-evangelizar.blogspot.com/

  2. MundoCristão - http://www.mundocristao.net/ (atual)


A possível mudança é consequência de haver uma empresa com o mesmo domínio (Editora Mundo Cristão - http://www.mundocristao.com.br/ http://www.mundocristao.com/), o que afeta negavitamente este projeto no Rank da Google (PageRank).

Você é importante para Deus e para mim!

A sua opinião é de extrema importância para mim. Por isto, peço a você Leito do "MundoCristão - Portal gospel" que envie para mim, sugestões de possíveis domínios(nomes).

»CLIQUE AQUI« E envie sua sugestão.

OBS: Leve em consideração a Exclusividade do nome na internet.

Desde já muito obrigado.

Continue lendo >>