Destra Fiel

A Doutrina da Salvação

Pencil

A palavra doutrina significa ensinar ou instruir.

1. Doutrina - É a revelação da verdade de como ela se encontra nas escrituras.
2. Dogma - É a declaração do homem a respeito da verdade quando apresentada em credo.

A natureza da Salvação.

A salvação procede de Deus, não do homem. Porque?
- O homem em si é impossível que se salve, pela sua capacidade. Por ele ser pecador.
Por isso o homem não pode se salvar por mérito próprio.

A Bíblia fala que antes do homem ser formado Deus já havia almejado sua salvação.
A salvação foi almejada por Deus, e consumada pelo filho. Jesus veio e consumou o plano de Deus.

A segunda parte do plano de Deus deu certo pela obediência do Senhor Jesus em ter se prontificado em fazer a vontade do Pai em vir aqui na terra na qualidade de homem e servo.
O Senhor Jesus veio morrer para que o homem fosse resgatado novamente para Deus.

O Espírito Santo é que convence o homem do pecado, e é ele que trabalha no coração quando sua palavra é pregada.
É uma grande luta que o Espírito Santo trava para convencer o homem dos seus erros e dos seus pecados.

Somente Deus pode salvar.

Deus precisava de um homem perfeito porque todos pecaram. O próprio Deus declarou definindo sua missão: "Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido. " (Lucas 19:10), pelo seu sacrifício na cruz em nosso lugar, somos reconciliados com Deus, pois, por seu sangue obtemos perdão dos nossos pecados.

"E quase todas as coisas, segundo a lei, se purificam com sangue; e sem derramamento de sangue não há remissão." Hebreus 9.22

A salvação é pela graça e não por obras.

O homem é totalmente imperfeito então ele não pode salvar-se. Ele não tem mérito para isso. As obras por mais boas que sejam não podem livrar o homem da condenação do inferno.
A palavra de Deus nos ensina que destituídos estamos da Graça de Deus.

A salvação abrange espírito, alma e corpo.

1. Espírito - Justifica (Romanos 5.1)
2. Alma - Regeneração (Salmos 51.10)
3. Corpo - Santificação (Hebreus 13.12)

A primeira coisa a ser tocada e mudada no nosso ser é o espírito.

Justificação - É primeiramente uma mudança de posição da parte do pecador.

Regeneração - É o ato divino que concede ao homem que crê uma vida nova e mais elevada mediante a união pessoal com Cristo.

Santificação - É a separação. Ela pode ser tanto interna como externa.

* Interna - Espírito Santo
* Externa - Palavra de Deus

Essa separação inicial é apenas o começo de uma vida progressiva com Deus.
"Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade." (João 17.17)
"Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia." (2 Coríntios 4.16)

O homem o aceita e é regenerado pelo poder do Espírito Santo e dai vem a expressão bíblica "Nascido de novo"

Pela regeneração o homem se torna participante da natureza divina, o que nos ajuda a fugir da corrupção e das paixões pelas coisas do mundo.
Essa natureza divina habitando cada vez mais em nós, mortificará o desejo de pecar e automaticamente nos ajuda a nos aproximar de Deus e a sempre buscá-lo.

"Qualquer que é nascido de Deus não comete pecado; porque a sua semente permanece nele; e não pode pecar, porque é nascido de Deus." (1 João 3.9)

Elementos que operam na salvação:

* Arrependimento
* Fé
* Conversão
* Justificação
* Adoção
* Santificação

A salvação é uma obra de Deus em benefício do homem, e uma obra do homem em favor de Deus.

Temos mencionado que o homem é completamente incapaz a Deus inteiramente, ou possa fazer alguma coisa que altere o curso da sua vida pois leva sobre si a sentença da morte.
Por isso Deus tomou a iniciativa de redimí-lo efetuando a provisão para a salvação.
Pela morte e ressurreição do seu Filho ajudou o homem a aceitar a provisão pelo poder do seu Espírito Santo.

Arrependimento - Envolve uma completa mudança de pensamento sobre o pecado. É a percepção da necessidade de uma salvação.
O arrependimento leva o pecador a aceitar com alegria tudo que Deus requer para ele, uma vida de retidão.

Esses são os passos que levam o homem ao arrependimento.

1. Reconhecimento do pecado - Reconhecimento causado pelo Espírito de Deus no espírito do homem.
2. Tristeza pelo pecado - É o trabalho do Espírito Santo na alma do homem.
3. Abandono do pecado - É o trabalho do Espírito Santo no corpo (carne) do homem.

- O arrependimento é dizer não ao pecado, enquanto a Fé como elemento da salvação é dizer sim para Deus.
Este é o lado afirmativo da conversão.
Enquanto o arrependimento enfatiza os nossos pecados, a Fé fixa os nossos olhos em Cristo. O autor e consumador da Fé.

A Fé não é um mero sentimento intelectual, mas um relacionamento pessoal com Deus.

"Porque eu, pela lei, estou morto para a lei, para viver para Deus. Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim." (Gálatas 2.19-20)

A Fé não é uma emoção que passa de uma pessoa para outra, mas uma convicção interior que se gera no individuo.
A Fé não é uma simples compreenção, mas uma dedicação ou entrega evidenciada pela obra da Fé na vida da pessoa.

"Mas dirá alguém: Tu tens a fé, e eu tenho as obras; mostra-me a tua fé sem as tuas obras, e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras" (Tiago 2.18)

Conversão - Na Bíblia esta palavra é usada para descrever a mudança total que ocorre na vida da pessoa que abandona o pecado e se volta para Deus.

"Porque eles mesmos anunciam de nós qual a entrada que tivemos para convosco, e como dos ídolos vos convertestes a Deus, para servir o Deus vivo e verdadeiro" (1 Tessalonicenses 1.9)

A conversão envolve dois atos.

1. Dar as costas ao eu e ao pecado.
2. Crer em Deus voltando-se para Cristo abraçando a vida eterna.

"E eles disseram: Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa." (Atos dos Apóstolos 16.31)

Se a pessoa não se entregar a Deus, buscando, a conversão é incompleta.
O simples fato de rejeitar o pecado resulta somente em uma reforma humana provisória, e não em transformação divina e plena.

Justificação - É o ato pelo qual Deus declara posicionalmente justa a pessoa que a Ele se chega através de Jesus Cristo.
Essa justificação envolve dois atos.

1. Cancelamento da dívida do pecado na conta do pecador.
2. Lançamento da justiça de Cristo em seu lugar.

A Bíblia fala de dois Adões. 1º e 2º Adão.

O primeiro Adão trouxe morte e pecado.
O segundo Adão trouxe a Redenção e a Vida (Jesus)

Na justificação, não temos pecado original, temos sim natureza pecaminosa erdada de Adão

Principal consequência do pecado: Legalidade ao diabo, permissão direta ao domínio.
A salvação tem alcance eterno.
A experiência é expressa em três tempos:

1. Passado
2. Presente
3. Futuro.

1. Passado - Justificação - Acontece no espírito humano. Perante Deus fomos salvos da condenação do pecado.
O Espírito Santo começou a trabalhar no nosso espírito antes de sermos salvos.

2. Presente - Alma - Processo de santificação, estamos sendo salvos do poder do pecado.

3. Futuro - Corpo - Glorificação, estamos sendo salvos da presença do pecado.

O descuido da salvação trará males terríveis
O maior pecado do homem é o da incredulidade, pelo qual ele rejeita a Cristo.
A incredulidade da origem a todos os outros pecados que automaticamente levará o homem ao inferno.

A salvação nos vem pela fé em Cristo Jesus.
Mas requer de nós um arrependimento total e sincero, isto é, a aceitação de Jesus como salvação pessoal e confissão declarada desse ato.

O resultado disso é conversão. A trindade divina coopera com o pecador na salvação.
A salvação tem dois lados:

* Humano - A criatura.
* Divino - Pai, Filho, Espírito Santo.

O Pai por sua graça e misericórdia conduz o pecador ao seu filho Jesus. O salvador.

Continue lendo >>

Figuras de linguagem na Bíblia

Pencil



Homilética

Em teologia, Homilética, é a aplicação dos princípios gerais da retórica para o fim específico da pregação pública.

» Figuras de linguagem encontradas na Bíblia Sagrada


1. Símile - Estabelece um termo de comparação entre dois elementos através de uma qualidade.

1. Salmos 2:9b; 1:3; 102:6

2. Isaías 1:8; 57:20

3. Provérbios 25:11

4. II Pedro 2:17

5. I Pedro 1:24

2. Metáfora - Consiste quando um objeto é assemelhado ao outro.

1. Gênesis 49:9
2. Salmos 71:3; 84:11; 23:1
3. João 15:1; 10:9; 6:51;14:6
4. Mateus 5:13,14; 6:22; 26:26
5. Isaías 40:6

3. Alegoria - É uma seqüência de metáfora

1. Salmos 80:8-15
2. João 10: 1-18
3. João 6:51-65
4. Isaías 5: 1-7

4. Parábola - É uma espécie de alegoria apresentada sob a forma de uma narração relatando fatos naturais ou acontecimentos possíveis, sempre com o objetivo de declarar ou ilustrar uma ou várias verdades importantes.

1. Lucas 18: 1-7
2. Mateus 13: 3-8
3. Mateus 13: 24-30
4. Lucas 18: 10-14

5. Antropopatia - É a atribuição de emoções, paixões e desejos humanos a Deus.

1. Êxodo 34:14
2. Gênesis 6:6
3. Deuteronômio 13:17
4. Efésios 4:30

6. Antropomorfismo - É a atribuição de características corporais e atividades físicas a Deus

1. Tiago 5:4
2. Êxodo 15:16
3. Salmos 34:16; 10:12; 8:3
4. Lamentações 3:56

7. Metonímia - Consiste em designar um objeto por uma palavra designativa de outro objeto que tem com o primeiro uma relação de causa/efeito; continente/conteúdo; lugar/produto; matéria/objeto; abstrato/concreto; autor/obra. Obs.: A relação é mais mental do que física

1. I Tessalonicenses 5:19 ("Não extingais o espírito", refere-se às manifestações especiais do Espírito)
2. Juízes 12:7 (Faltou indicar exatamente o nome da cidade)
3. Lucas 16:29 (Moisés e os Profetas significa seus escritos = Antigo Testamento)
4. Jeremias 18:18
5. Atos 23:37
6. Salmo 18:1
7. I Coríntios 10:21

8. Sinédoque - Figura que se funda na relação de compreensão e consiste no uso do todo pela parte, plural pelo singular, gênero pela espécie e vice-versa. Obs.: A relação é mais física do que mental.

1. Salmos 73:9 (Língua = palavra)
2. Salmos 52:4 (Língua está no lugar da pessoa)
3. João 13:8 (Lavagem dos pés = Purificação da alma)
4. I Coríntios 11:26
5. Atos 24:5
6. Provérbio. 1:16
7. Lucas 2:1

9. Personificação - Quando se atribui ações ou feito de pessoas a coisas inanimadas.

1. Coríntios 15:55
2. I Pedro 4:8
3. Jó 12: 7,8; Isaías 55:12

10. Zoomorfismo - Atribuição de características animais a Deus

1. Rute 2:12b
2. I Pedro 4:8
3. Jó 12: 7,8
4. Isaías 55:12

11. Eufemismo - Consiste em disfarçar, abrandar, suavizar expressões rudes, chocantes, desagradáveis.

1. Atos 7:60
2. II Tessalonicenses 4:14

12. Ironia ou Antífrase - Expressão que contém censura ou ridículo sob a capa de louvor ou elogio. (Consiste em dizer o contrário do que pensamos e geralmente em tom de zombaria)

1. Jó 12:2
2. I Reis 22:15; 18:27
3. I Coríntios 4:6,8
4. II Coríntios 11:5; 12:11; 11:13
5. II Samuel 6:20

13. Hipérbole - É um exagero que extrapola o sentido literal para destacar a idéia e chamar a atenção

1. Números 13:33
2. Deuteronômio 1:28.
3. Gênesis 22:17
4. II Crônicas 28:4
5. Salmos 119:136
6. Jó 21:25

14. Litotes - Afirmação moderada que suaviza o sentido literal. É o oposto da hipérbole.

1. Salmos 51:7
2. Isaías 45:3
3. I Tessalonicenses 3 :2b

15. Interrogação - Figura pela qual o orador se dirige ao seu interlocutor, ou adversário, ou político, em tom de pergunta, sabendo de antemão que ninguém vai responder.

1. Gênesis 18:25
2. Amós 3:34
3. Romanos 8:33,34
4. Hebreus 1:14

16. Pleonasmo - É a palavra ou expressão redundante: repetição da mesma idéia, com a finalidade reforçar e avivar a expressão e o pensamento.

1. I Reis 21:13
2. Mateus 13:15
3. Josué 7:25
4. Atos 2:30
5. Jó 42:5

17. Antítese - É a inclusão na mesma frase de duas palavras ou dois pensamentos que faz um contraste um com o outro. (O mau e o falso servem de contraste ou fundo que dá realce ao bom e ao verdadeiro)

1. Deuteronômio 30:15,19
2. Mateus 7:13 e 14; 17 e 18; 21 a 23; 24 a 27
3. Mateus - 24 e 25
4. II Coríntios 3:6 - 18 (Antigo pacto e Novo pacto; Lei e Evangelho)

18. Paradoxo - É uma proposição ou declaração oposta à opinião comum; a uma afirmação contrária a todas as aparências e à primeira vista absurda, impossível, ou em contraposição, ao sentido comum.

1. Mateus 16:6
2. Lucas 9:60 (Explicação vv 61 e 62)
3. Mateus 23:24
4. Lucas 18:25
5. Marcos 8:35

19. Prosopopéia - Figura de linguagem que dá vida a coisas inanimadas.
Ex. Isaias 55:12

20. Enigma - É a enunciação duma idéia em linguagem difícil de entender.
Ex: Juizes 14.14

21. Apóstrofe - Referência direta a um objeto como se fosse uma pessoa, ou a uma pessoa ausente ou imaginária como se estivesse presente.
“Que tens, ó mar, que assim foges?...” (Sl 114.5).

22. Catacrese - Ocorre quando, por falta de um termo específico para designar um conceito, torna-se outro por empréstimo. Entretanto, devido ao uso contínuo, não mais se percebe que ele está sendo empregado em sentido figurado.
EX:
“E saía um rio do Éden para regar o jardim e dali se dividia, repartindo-se em quatro braços.” Gênesis 2:10.

23. Acróstico - Uma composição em verso, na qual, a primeira, e alguma vez, a última letra da linha é lida em ordem e forma um nome ou título.
Ex: O Salmo 119 é o mais longo da Bíblia, é um acróstico. Os 176 versículos acham-se divididos em 22 seções de oito versos cada uma, correspondendo a cada uma das letras do alfabeto hebraico.

24. Fábula – A fábula é uma narrativa alegórica cujos personagens são geralmente animais e cujo desenlace reflete uma lição moral. A temática é variada e contempla tópicos como a vitória da fraqueza sobre a força, da bondade sobre a astúcia e a derrota de presunçosos.
Há apenas duas fábulas, na vulgar acepção do termo na Bíblia - a das árvores que quiseram escolher o seu rei (Jz 9.8 a 15), e a do cardo do Líbano dirigindo-se ao cedro (2 Rs 14.9). As ‘fábulas’ de 1 Tm 1.4 - 4.7 - 2 Tm 4.4 - Tt 1.14 referem-se às lendas e alegorias judaicas de que são exemplos muitas historietas do Talmude. Em 2 Pe 1.16 compreendem-se aquelas coisas que são falsas, e imaginárias. (*veja Parábola.)

25. Clímax ou Gradação – É a apresentação de idéias em progressão ascendente (clímax) ou descendente (anticlímax).
Ex: 1 Coríntios 13.7
"[O Amor] tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta."
ou, mesmo, o final desta famosa passagem (versículo 13):
"Agora, pois, permanecem a Fé, a Esperança, o Amor, estes três; mas o maior destes é o Amor".

26. Provérbio - Máxima ou sentença de caráter prático e popular, comum a todo um grupo social, expressa em forma sucinta e geralmente rica em imagens.
Ex: O significante “provérbio” já carrega em si uma aura, um ar sacro, um quê oracular, traços esses fixados pela Bíblia, cujo livro, precisamente designado Livro dos provérbios ou Provérbios de Salomão, faz parte dos Livros sapienciais ou filosóficos (os outros dois são Jó e Eclesiastes) do Antigo Testamento, tendo como propósito, como reza sua introdução, ensinar a alcançar a sabedoria, a disciplina e uma vida prudente e a fazer o que é correto, justo e digno. Fica, portanto, claro o caráter do livro, que é uma antologia de parábolas.

27. Elipse - É a supressão de uma palavra facilmente subentendida. Consiste da omissão de um termo facilmente identificável pelo contexto ou por elementos gramaticais presentes na frase com a intenção de tornar o texto mais conciso e elegante.

Moisés ora: "Volta, ó Jeová - até quando? (nos desampararás?)". As sentenças curtas, abruptas, revelam a emoção do poeta.

1. 1 Coríntios 6:13
2. 2 Coríntios 5:13
3. Êxodo 32:32
4. Gênesis 3:22

28. Zeugma - É uma figura de estilo ou figura de linguagem que consiste na omissão de um ou mais elementos de uma oração, já expressos anteriormente. O zeugma é uma forma de elipse.

1. 1 Coríntios 3:2
Texto: "Com leite vos criei, e não com carne"
Tradução literal: Fiz que bebessem leite e não carne"

2. Lucas 1:64
Texto: "E logo a boca se lhe abriu, e a língua se lhe soltou"
Tradução literal: "E sua boca foi imediatamente aberta e sua língua"

Continue lendo >>

Nascidos do Espírito e nascidos da carne

Pencil

Estudo: Nascidos do Espírito e nascidos da carne

A ilusão da conversão

Amados, em nossas igrejas, muitos membros vivem a ilusão de que são convertidos; isso basea-se no fato de acreditarem que a salvação é conseguida simplesmente por frequentar uma igreja, ou ajudar pessoas carentes, ou até mesmo se batizar nas águas.

Essas pessoas, entretanto, mudaram apenas de religião ou de igreja; em suas vidas nada mudou, continuaram a seguir os mesmos padrões de antes, ou seja, continuaram vivendo na carne

Essas pessoas continuaram a viver, exatamente como o velho homem, não houve uma transformação em suas vidas.
Jesus disse: "Em verdade, em verdade te digo: Quem não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no Reino de Deus" (João 3.5)

Não basta apenas deixar de beber, fumar e adulterar, é necessário mudar de vida, ter o coração transformado.

É preciso não só mudar de hábitos e atitudes, mas experimentar a atuação do Espírito Santo em sua vida, como bem lembrou o apóstolo Paulo: "Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito contra a carne, porque são opostos entre si; para que não façais o que porventura seja do vosso querer" (Gálatas 5.17).

É por isso que muitas pessoas buscam e não recebem o batismo com o Espírito Santo em suas vidas, não conseguem cura para suas doenças, etc. Isso acontece porque não houve uma verdadeira entrega de vida. Quem se aproximar de Cristo tem que aceitá-lo de todo coração.

Infelizmente existem muitas pessoas que mudaram apenas de religião, mas não de vida. Suas atitudes fora da igreja continuam as mesmas de antes, são pessoas que honram a Deus somente com os lábios, porém o coração continua distante.

O apóstolo Paulo, escrevendo aos colossenses, lembra-os de que para se ter união com Cristo deve-se abandonar todos os vícios: "Agora, porém, despojai-vos, igualmente de tudo isto: Ira, indignação, maldade, maledicência, linguagem obcena do vosso falar. Não mintais uns aos outros, uma vez que vos despistes do velho homem com os seus feitos" (Colossenses 3.8,9)

Todo cristão de estar consciente dessa grande verdade, pois é importante para o seu relacionamento com o Senhor Jesus Cristo.


Imagem: Biblioteca Bíblica Online

Continue lendo >>

Papel de parede Moisés Moderno

Pencil

Wallpaper Moisés Moderno
Clique sobre a imagem para almentá-la.


Wallpaper Moises Moderno - MundoCristão

Imagem por Carlos Leão

Para colocar este Papel de Parede no seu computador:
Quando a imagem estiver completamente aberta, clique nela com o botão direito do mouse
e selecione:
Windows 95, 98 e Me:
Definir como papel de parede
Windows XP e Vista:
Definir como plano de fundo
Para salvar a imagem:
Salvar imagem como


Imagem: Carlos Leão

Continue lendo >>

Um Chamado - Quatro por um - Ouvir

Pencil

Clique no link abaixo para ouvir a música:

» Um Chamado - Banda Quatro por Um

Continue lendo >>

Aviso aos leitores sobre downloads

Pencil

Diga não a pirataria - MundoCristão


A paz

Amados, este site/blog não tem fins lucrativos, não apoia de forma alguma a pirataria, e não tem o intuito de prejudar o sucesso e nem o ministério de qualquer pessoa ou empresa.

Sempre deixei bem claro que o único objetivo deste projeto é: Levar a palavra de Deus, as boas novas, o evangelho de nosso senhor Jesus Cristo a toda criatura. Seja de forma escrita (bíblia online, estudos, testemunhos, etc.), ou cantada (downloads de CDs gospel, músicas para ouvir, etc.).

Contudo, há pessoas que duvidam do objetivo deste site/blog. Por este motivo, apartir de hoje não postarei Downloads de CDs gospel, e apagarei todas as postagens específicas de downloads de CDs.

Mas continuarei a postar a palavra de Deus cantada (Louvores). Apartir de hoje, as postagens de louvores para ouvir no próprio site terão maior frequência, ou seja, vou postar inúmeras músicas gospel de diversos cantores para você, meu amado leitor poder meditar na palavra de Deus onde quer que você esteja.

Janderson Silva


Continue lendo >>

Irmão Lázaro em Belém do Pará

Pencil



Na primeira sexta-feira de dezembro, o irmão Lázaro fará um grande show de louvor a Deus. Evento que acontecerá no "Cidade Folia", localizado na BR316 Km 1, Belém do Pará/PA. A partir das 20hs.
Grande encontro de adoração e louvor, com todo seu repertório musical, em especial as músicas de seu novo cd "Vai Mudar"!

Local: Cidade Folia
Cidade: Belém do Pará/PA
Data: 4/12/2009
Horário:20 hs
Fone de Informação: (91) 8128-0852 Tom

Continue lendo >>